loader

Usando o nosso software poderá ter a monitorizar e controlar na ponta dos seus dedos as condições para um crescimento óptimo.

Não deixe de ter noites tranquilas e evite correrias de volta ao local de produção para alterar um parametro. Com as soluções de software e controlo remoto todos os dados estão guardados e acessiveis em qualquer dispositivo.

Que parametros deve monitorizar?

Temperatura e Humidade Relativa – Estes são as variáveis básicas que deve monitorizar em tempo real, pois elas darão pistas sobre a performance de transpiração das plantas, tanto pelo o cálculo do VPD como também algumas tendencias para gerir a solução nutritiva. Por exemplo, com temperaturas altas saberá que as plantas vão consumir mais água que nutrientes, e por isso poderá trabalhar com um EC mais baixo.

Estas variáveis deverão ser sensorizadas em vários pontos da produção e sempre que possível, o mais perto da canópia possível, para que possamos avaliar os microclimas em volta das plantas. Outras variáveis que deve ter em conta que dependem da temperatura e da humidade relativa, são a Temperatura da Folha (uma maneira fácil de entender a saúde da planta pois temperaturas mais altas indicarão estomas fechados), Ponto de Orvalho (para prevenir a condensação de água e todos os problemas que advém com ela) e a Humidade Absoluta (traduz a quantidade real de água no ar).

Intensidade de Luz – Outra variável importante de medir (principalmente em estufas e culturas de exterior) é a quantidade de fotões que estão a chegar às plantas que poderá ser medido com um sensor de PAR. Para saber mais sobre iluminação veja o nosso artigo https://www.ingrow.pt/pt-pt/iluminacao-qualidade-quantidade-e-fonte/. A intensidade de iluminação dará pistas sobre a potencialidade da actividade fotosintética da planta e assim podemos garantir que os outros factores de crescimento acompanham o aumento de actividade. Com este valor será possível também calcular o DLI e muito útil se estiver a suplementar luz à sua produção.  

pH e EC – Estes são os parametros básicos que deve saber sobre a solução nutritiva que está a chegar às raizes das plantas. A Electrocondutividade (EC) dá-nos a quantidade de sólidos dissolvidos, que de acordo com o balanceamento da receita que se usa dá-nos a quantidade de nutrientes disponíveis e que a planta absorve. O pH é muito importante monitorizar pois influencia a absorção de nutrientes específicos.

CO2 – O dióxido de carbono é um factor de crescimento indispensável das plantas, por isso deverá monitorizá-lo em ambientes protegidos de forma a garantir que não se torna um factor limitante e gerir a sua suplementação. A quantidade de CO2 no ambiente normalmente é suficiente para o crescimento das plantas mas se estiver a suplementar outros factores, também deverá suplementar o CO2.

Existem ainda outros parametros que irão ajudar a conhecer e gerir o clima que optimiza o crescimento das plantas, como por exemplo os parâmetros exteriores, as renovações e a caudal de ar a circular junto das plantas.

A monitorização em tempo real e remota dá-nos a oportunidade de saber o que está a acontecer na nossa produção e geri-la da melhor forma de qualquer lugar. Igualmente importante, todos estes pontos de dados podem ser analisados e integrados, trazendo-nos muito conhecimento sobre a optimização na nossa produção no curto e longo prazo.

Ecrã de monitorização Software da camara Ingrow em Lisboa
Ecrã de controlo Software da camara Ingrow em Lisboa

Contacte-nos para mais informações sobre sensores e software!

Leave a Reply

Your email address will not be published.